Livros memoriais: a contribuição e o currículo de Josélio Carneiro à literatura paraibana

0
105

Nosso envolvimento na produção e publicação de livros memoriais tem início na década de 80 quando em 1982 estávamos concluindo a terceira série do curso Eletrotécnica na então Escola Técnica Federal da Paraíba, atual IFPB. Um estranho no ninho, nós só ligávamos para as letras, nada de matemática, cálculos. Vencemos por três anos consecutivos o festival de poesia. Então o diretor ItapuanBôtto Targino nos presenteou no final daquele ano com a publicação do livro POEMANIA. Já nessas poesias, muitas dos verdes anos, o gosto por falar sobre fatos do passado, memórias.

No segundo semestre de 1984 ingressamos no curso de Comunicação Social da UFPB. Em determinado período nos transferimos para o curso de Letras, retornando para a comunicação no semestre seguinte.

No ano de 2002 a Secretaria de Comunicação do Governo da Paraíba tendo como secretário Luiz Augusto Crispim e na direção da emissora do governo, Genésio Souza, nos presenteia com a publicação do livro Tabajara – 65 anos – a Rádio da Paraíba. Uma coletânea de depoimentos que nós organizamos. Foram impressos mil exemplares.

Em 2016, repórter da Secom-PB desde 1995, cedido pela Rádio Tabajara, o governo financia mais um livro nosso Paraíba Governos em Cena. Fotos e fatos de governadores em 80 anos de gestões governamentais. Por sugestões e insistências nossas o acervo fotográfico do Palácio da Redenção hoje se encontra na Fundação Casa de José Américo para ser catalogado e digitalizado. São milhares de fotografias e negativos de fotos. Talvez sem nossa luta por esse resgate da memória dos governadores esse farto e rico material teria como destino o lixo pois já vinha se deteriorando em caixas num velho armário nos porões do Palácio da Redenção. O livro ainda hoje em livrarias e nas bibliotecas públicas, nós lançamos no Palácio da Redenção com cobertura de A União e TV Assembléia.

Nos 80 anos da emissora de rádio do governo, 2017, nós lançamos no salão nobre da Assembleia Legislativa o livro Rádio Tabajara – Patrimônio Cultural da Paraíba. Nesse dia, por sugestão nossa, o deputado Hervázio Bezerra realizou em plenário sessão especial para oficializar o título de Rádio Tabajara Patrimônio Cultural da Paraíba. Essa obra impressa na Gráfica JB teve apoio cultural da deputada Estela Bezerra mas 90% dos custos coube a nós.

Com apoio cultural da PBGÁS publicamos em 7 de abril de 2018 – Dia do Jornalista – o livro A União – Escola de Jornalismo. Coletânea de 366 páginas com depoimentos de 100 jornalistas sobre suas experiências nas redações do jornal. Esta obra bem que poderia ter sido patrocinada 100% pelo próprio jornal. O lançamento foi histórico no Centro Cultural Ariano Suassuna, equipamento do TCE. É a primeira obra que reúne um grande número de profissionais com passagem pelo centenário jornal. Imprimimos 300 exemplares e ainda há unidades disponíveis em livrarias de João Pessoa além das bibliotecas públicas.

Também em 2018 nós publicamos o livro Relatos de um Repórter – 30 anos na Comunicação do Governo da Paraíba. Nossas memórias das décadas de trabalho nas redações da Rádio Tabajara, Secom-PB, Jornal A União e assessorias de imprensa da Polícia Militar, Vigilância Sanitária, Agência de Águas, Secretaria de Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciências e Tecnologia, Companhia Docas da Paraíba (Porto de Cabedelo) e desde meados de 2017 na assessoria de imprensa da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) onde somos servidor concursado – policial penal.

A busca por resgatar memórias é uma constante em nossa produção literária. Ainda em 2018 idealizamos e editamos a plaquete Seap 90 anos / 1928-2018. Publicação institucional da Secretaria.

Não fomos aluno do tradicional Liceu Paraibano mas sua história é fascinante. Então com apoio cultural da Associação Paraibana de Imprensa, gestão do presidente João Pinto, lançamos no auditório da escola símbolo da rede pública estadual a obra Lyceu Parahybano – berço da cultura e do jornalismo. O livro inclui relatos dos ex-alunos Marinho Moreira Franco, Zezita Matos, Severino Biu Ramos, José Octávio de Arruda Mello, Elba Ramalho, Carlos Pereira de Carvalho, Walter Santos, Celso Furtado, Paulo Melo, dentre outras personalidades.

Ano passado, 2021, idealizamos e produzimos o livro institucional da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária da Paraíba intitulado Inclusão Social no Sistema Prisional Paraibano. Notícias sobre as dezenas de projetos de ressocialização de pessoas privadas de liberdade e relatos de vários profissionais, além dos secretários Sérgio Fonseca (titular) e João Paulo Barros, o secretário executivo, bem como texto do secretário da Educação, Cláudio Furtado que aborda o Plano Estadual de Educação nas Prisões2021-2024.

Nascemos em Gurinhém, brejo paraibano a 1º de setembro de 1961. Hoje, aos 60 anos nossa mente segue cada vez mais impulsionada com projetos diversos, a saber: Livro no prelo: Paraíba Senadores em Cena (autoral)

Em produção como organizador:

História da API II 1986 a 2022

História do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa

Projetados:

Editora A União – usina cultural (autoral)

História da Secretaria da Administração Penitenciária da Paraíba (institucional)

Leis de autoria das deputadas estaduais da Paraíba (autoral)

Antonio Barros – o rei dos forrozeiros(autoral)

1982 – Poemania – Escola Técnica Federal da Paraíba / autoral

2002 – Tabajara – 65 anos – a Rádio da Paraíba (editora A União) / idealizador e editor

2016 – Paraíba Governos em Cena (A União) / autoral

2017 – Rádio Tabajara Patrimônio Cultural da Paraíba (Gráfica JB) / idealizador e editor

2018 – A União Escola de Jornalismo (A União) – idealizador e editor

2018 Relatos de um Repórter – 30 anos na Comunicação do Governo da Paraíba (editora A União) – autoral

2018 – Seap 90 anos – 1928/2018 (Secretaria da Administração Penitenciária)– institucional, idealizador e editor

2019 – Lyceu Parahybano – berço da cultura e do jornalismo (A União) – idealizador e editor

2021 – Inclusão Social no Sistema Prisional Paraibano (Seap) – institucional / idealizador e editor

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here