Comitê do Centro Histórico se reúne com Comando da PMPB e garante ações efetivas para a região

0
224

O Comitê de Fomento e Desenvolvimento do Centro Histórico realizou sua primeira atividade nesta segunda-feira (6). Com a Polícia Militar da Paraíba, foram discutidas diversas ações que podem ser implantadas em conjunto com demais órgãos para a melhoria da segurança na região. O Comitê é uma iniciativa da Associação Paraibana de Imprensa (API-PB).

Participaram da reunião o comandante da PMPB, Cel Euller Chaves, o comandante do 1º Batalhão da PMPB, Tenente Cel Lucas, membros do setor de Inteligência da Polícia Militar, o presidente e a vice do Comitê, Marcos Wéric e Afra Soares, da vice-presidente da API Karla Alencar e dos membros do Comitê Suelma Moraes e Omar Bradley.

Para o presidente da Associação Paraibana de Imprensa e do Comitê, Marcos Wéric, a receptividade foi positiva.

“A segurança é um problema que aflige a todos que vivem, que moram, que fazem parte de alguma forma do Centro Histórico. Sem dúvidas, era um pontos que precisávamos dar prioridade. Fomos muito bem recebidos pelo comando da Polícia Militar, que estão totalmente abertos e dispostos a contribuir. Eles se comprometeram em elevar a presença da PM, principalmente com a retomada das atividades na região”, afirmou.

Na ocasião, os comandantes da PM e do 1º BPM da Paraíba apresentaram ao Comitê uma nova ferramenta que servirá de reforço para as ações de segurança pública no Estado. Se trata do Posto de Apoio Solidário (PAS), um totem interativo com câmera, sistema de som que foi desenvolvido pelo setor de tecnologia e inteligência da PMPB e deve ser licitado nos próximos meses para fazer monitoramento de áreas específicas no Estado. Já existem dois protótipos em operação, um deles em João Pessoa, em frente ao Hotel Tambau.

“Na reunião, o Cel Euller se comprometeu em instalar um protótipo do PAS no Centro Histórico, antes mesmo da licitação para aquisição desses equipamentos para as demais áreas do Estado. Ficamos agradecidos por terem inserido o Centro Histórico na rota de políticas públicas efetivas e inovadoras”, explicou Wéric.

Das pautas que foram debatidas no encontro são a identificação e busca de cessão de prédio na Praça Antenor Navarro, para que sirva de base para a Polícia Militar; campanha de conscientização e envolvimento da sociedade com o Centro Histórico; acionar proprietários de imóveis abandonados na região; dialogar com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa para encontrar uma destinação para o Mercado Modelo, no Varadouro; fortalecer diálogo entre Fundação Cultural de João Pessoa e Sindicato dos Guias de Turismo com a PMPB para que informem sobre calendários de eventos e dias e horários de chegada de veículos de turismo para montar estratégias de segurança; dialogar com as secretarias de Educação para implantação de ensino integral para crianças e jovens moradores do Centro Histórico e seu entorno; além de provocar o Ministério Público para que dialogue com a Prefeitura de João Pessoa e Governo do Estado a fim de encontrar solução para a população em situação de rua e em estado de vulnerabilidade social.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here