Outubro Rosa: API adere à campanha “Tá na Hora” e anuncia parceria para realização de exames

0
234

A Associação Paraibana de Imprensa (API) adere à campanha “Tá na Hora”, neste Outubro Rosa, em conscientização para o controle do câncer de mama. Na sede da API, serão comercializadas camisas durante este mês e o valor será revertido para a ONG Amigos do Peito. A vice-presidente da API, Karla Alencar, destacou esta parceria para realização de exames e a possibilidade de diagnóstico precoce da doença.

“Temos a consciência que o câncer de mama continua afetando a vida das mulheres, e existe algumas associadas ou mulheres de associados que não tem condições de bancar exames como a mamografias e biopsias. Por isso estamos em parceria com a Amigos do Peito para a realização desses exames”, destacou Karla Alencar.

Durante todo mês de outubro as camisas e outros objetos da campanha estarão à venda na sede da API, de segunda a sexta, das 8h às 12h. As associadas ou esposas de associados que não tenham plano de saúde ou condições para realização dos exames podem procurar a Associação para serem encaminhadas para que possam realizarem o procedimento.

Para a diretora social da API, Andréia Barros, o evento foi importante não só devido ao lançamento da campanha, mas por compartilhar o conhecimento e divulgar as chances de cura através do exame precoce.

“O grande saldo desse evento de hoje é realmente o conhecimento. Conhecer mais sobre a saúde da mulher, conhecer mais sobre as chances que as mulheres têm quando encontram o diagnóstico de câncer, e que é possível a cura, com autoexame, exames, consultas, médicos e também com muita esperança e fé”, pontuou.

A mastologista Joana Barros, coordenadora da ONG, que realizou palestra no evento, defendeu as ações para garantir o acesso também à informação, já que muitas mulheres não conhecem os riscos e não têm acesso a prevenção primária.

“Se você faz a detecção precoce, vai ter mais de 95% de chance de cura. Temos observado, de maneira geral, que a pandemia agravou a situação, mas as mulheres sempre tiveram essa dificuldade. O câncer é uma doença milenar, e através dos tempos, com conhecimento e tecnologia, mas ainda chegamos em quem mais precisa, que são as pessoas que não têm condições”, declarou.

A Amigos do Peito, que este ano completa 20 anos de luta para salvar vidas de mulheres vítimas de câncer de mama, sobrevive através de doações e vendas de camisas. A campanha deste ano terá como conceito o senso de urgência, mostrando que o câncer não espera por nenhuma motivação. Todo o material tem a frase ‘Tá na hora’ e complementos como: de voltar a se cuidar, de cobrar os seus direitos, de tomar uma atitude, de se posicionar e de contribuir.

Na ocasião, o presidente da API Marcos Wéric ressaltou que a ação visa contribuir com a arrecadação de recursos para atender as associadas que necessitam de encaminhamentos.

“A API dá a sua contribuição, tanto na questão da divulgação, da conscientização, e também na arrecadação de recursos para que a ONG possa manter durante todo o ano a realização dos exames e ajude a combater essa doença”, afirmou.

Dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) apontam que a Paraíba deve registrar 1.120 novos casos de câncer de mama este ano, o que significa que por mês 93 mulheres vão descobrir a doença e por dia serão três novos casos.

Presenças

A mesa foi composta pelo presidente da API, Marcos Wéric, a vice-presidente, Karla Alencar, a superintendente da Polícia Civil da região metropolitana de João Pessoa, Maísa Félix, a prefeita de Bayeux, Luciene Gomes, a secretaria adjunta da Mulher da Capital, Cris Furtado.

Além desses, o evento também contou a presença da doutora Conceição Arco verde, defensora pública representando a defensora adjunta Madalena Abrantes, a diretora da Rede Tambaú de Comunicação, Lívia Karol, a diretora-presidente da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), Naná Garcez, a gerente de marketing e comunicação do Sebrae-PB, Raquel Costa, a presidente do Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac), Valquiria Alencar, a secretária da Mulher de Santa Rita, Edilicia Melo e Juliane Ramalho, diretora Executiva da TV Cidade JP.

Apoio

O evento contou com o apoio do Restaurante Vó Almira, Buffet e decoração Daniel Macário, Nobre Locações, Musicista Beatriz Vilar, Chocolates Kopenhagen e demais integrantes da equipe de trabalho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here